Segundo o MPRJ, os alimentos servidos estavam sendo preparados no sanitário masculino do setor 12, junto a objetos como meias. Foto: Reprodução/X (antigo Twitter)/ Ministério Público do Rio de Janeiro.

Camarote da Sapucaí preparava comida no banheiro; responsável é presa

fevereiro 12, 2024 /

 

Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) prendeu em flagrante, na noite de domingo, 11, a responsável pelo camarote Lounge Sapucaí por armazenamento impróprio de alimentos no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro.

Conforme a promotora de Justiça Rosemery Duarte Viana, os alimentos servidos aos convidados estavam sendo preparados no sanitário masculino do setor 12, junto a objetos como meias e mochilas. “Todos os cerca de 500 quilos de alimentos encontrados no sanitário e no camarote foram descartados pela equipe de fiscalização”, disse o órgão.

Ainda de acordo com a promotora de Justiça, que realizou a vistoria ao lado de agentes do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e de Inspeção Agropecuária da Prefeitura do Rio (Ivisa-Rio) e da Polícia Civil, o local também não tinha refrigerador para o armazenamento dos alimentos, o que comprova a falta de cuidado com a alimentação servida no loal.

Segundo o MPRJ, além do camarote onde foi realizada a prisão, a promotora de Justiça vistoriou os camarotes Alegria, Experience, Lounge Carioca e Favela.

“No camarote Alegria, alguns alimentos estavam acondicionados com refrigeração inadequada, tendo a situação sido solucionada. Os camarotes Experience e Lounge Carioca eram atendidos pela mesma cozinha, onde algumas inadequações foram ajustadas pelos responsáveis. O camarote Favela foi multado pela Fiscalização Sanitária por irregularidades no preparo e no acondicionamento dos alimentos”, completou o ministério público estadual.

Em seu perfil no X (antigo Twitter), a Rio Carnaval confirmou que o espaço não tinha autorização da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) para instalar uma cozinha.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.