Cães mortos em Magé receberam insulina em vez da vacina antirrábica, diz Prefeitura

setembro 9, 2021 /

A Prefeitura de Magé, descobriu através de uma sindicância que os cães que morreram após imunização contra a raiva, na verdade receberam insulina. O caso aconteceu no sábado (4), na Unidade de Saúde da Família do Britador. As investigações iniciaram após denúncias sobre possíveis reações de alguns animais à vacina antirrábica.

Segundo a administração Municipal, ao todo, 20 cachorros precisaram de atendimento veterinário, sendo que, 11 deles morreram e 1 continua internado. O município informou, ainda, que vai arcar com todos os custos das clínicas veterinárias que realizaram o atendimento e os corpos dos animais foram encaminhados, para necropsia, a fim de confirmar a causa da morte.

Além disso, a prefeitura disse que uma nova equipe técnica assumiu a Unidade de Saúde da Família Britador, onde ocorreu o caso, e que uma psicóloga e uma assistente social que estão realizando visitas psicossociais às famílias que perderam seus animais.

Seis funcionários foram afastados do cargo, sendo: 1 uma coordenadora administrativa, 2 agentes comunitários de saúde e 3 agentes combate a endemias.

Aloma Carvalho