Botafogo pega o Cruzeiro em Minas e pode assumir a liderança provisória da Série B

outubro 12, 2021 /

O atacante Chay  ( foto de Vítor Silva ) marcou os três gols do Botafogo contra o Cruzeiro no primeiro turno

Clebio Luiz

Vice-líder da série B do Brasileirão com 51 pontos, o Botafogo enfrenta o Cruzeiro nesta terça-feira (12/10), às 21h30, no estádio Independência, em Minas Gerais. A Raposa precisa da vitória para ainda ter chances de conquistar o acesso à elite do futebol brasileiro. Já o Alvinegro pode assumir a liderança provisória caso conquiste os três pontos. No primeiro turno houve empate em 3×3. A Rede Globo e o SporTV transmitem a partida.
O Alvinegro terá mudanças para enfrentar o Cruzeiro, pois a tendência é que Diego Loureiro, Daniel Borges e Carlinhos voltem ao time titular.
O time do técnico Enderson Moreira deverá jogar com: Diego Loureiro; Daniel Borges, Joel Carli, Kanu e Carlinhos; Barreto, Luís Oyama e Chay; Warley, Marco Antônio e Rafael Navarro.

Raposa terá sete desfalques

O Cruzeiro chega para o jogo com uma série de desfalques. Norberto, em recuperação física, Marcelo Moreno, que está na seleção da Bolívia, Ramon e Ariel Cabral, suspensos, e Flávio, Wellington Nem e Marcinho, lesionados, estão fora da partida.
Atualmente, o Cruzeiro ocupa a 12ª colocação da Série B do Brasileirão, com 38 pontos conquistados.
Vanderlei Luxemburgo definiu o Cruzeiro com os seguintes jogadores:
Fábio; Rômulo (Raul Cáceres), Rhodolfo (Léo Santos), Eduardo Brock e Matheus Pereira; Lucas Ventura, Adriano e Giovanni; Vitor Leque, Thiago e Felipe Augusto (Bruno José).

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.