Blocos 1, 2 e 4 da Cedae são arrematados em leilão por mais de R$ 22,6 bilhões; não houve proposta pelo bloco 3

abril 30, 2021 /

O governador em exercício Cláudio Castro ( foto) informou que, com o leilão,  12 milhões de pessoas serão beneficiadas com esgoto tratado e água de qualidade, além de milhares de empregos com os investimentos de R$ 30 bilhões oriundos dos consórcios. Ele disse que o Rio de Janeiro precisa de união, trabalho e humildade. Em seguida, bateu o martelo três vezes.

O Consórcio Aegea venceu a disputa pelo bloco 1. Ele vai pagar outorga de R$ 8,2 bilhões, 103,13 % a mais que o mínimo exigido em edital.
Antes, o maior lance pelo bloco 1 foi apresentado pelo consórcio Iguá: R$ 8,1 bilhões. O consórcio Aegea aumentou o lance e propôs R$ 8,2 bilhões. E ganhou.

O bloco 1 é o mais caro entre os quatro: o valor mínimo para arrematá-lo é de R$ 4,036 bilhões. Ele contempla 18 bairros da Zona Sul da capital e 18 municípios.

O bloco 1, arrematado pelo consórcio Aegea, contempla 18 bairros da Zona Sul da capital e os seguintes municípios: Aperibé, Cachoeiras de Macacu, Saquarema,Tanguá, São Sebastião do Alto, Cambuci, Cantagalo, Casimiro de Abreu, Cordeiro, Duas Barras, Itaboraí, Itaocara, Rio Bonito, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, Magé, Maricá e Miracema

Bloco 2 é arrematado por R$ 7,2 bilhões

O bloco 2 foi arrematado pelo consórcio Iguá, que ofereceu o maior lance por ele, de R$ 7,286 bilhões – um ágio de 129,68% sobre a outorga mínima exigida. Para este bloco não foi aberta disputa em viva voz porque a proposta do Iguá já havia superado em 20% o valor mínimo.

Ágio de 187% no bloco 4

O consórcio Aegea venceu a disputa pelo bloco 4. Ele vai pagar outorga de R$ 7,2 bilhões, 187 % a mais que o mínimo exigido em edital. O leilão até agora, falta o bloco 3, já arrecadou R$ 22,6 bilhões.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.