Vicente Loureiro lamenta morte do arquiteto Demetre Anastassakis

julho 28, 2019 /

O arquiteto Vicente Loureiro, atual conselheiro da Agência de Transportes Públicos do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp), acaba de divulgar em sua conta pessoal do Facebook e lamentar profundamente a morte do seu colega Demetre Anastassakis, um dos mais talentosos profissionais de arquitetura. De origem grega, Demetres prestou serviços à cidade de Nova Iguaçu e a outras cidades do Rio. Eis a nota de Loureiro:

” A Arquitetura e o Urbanismo da Baixada acabam de perder sua principal e mais importante referência. Acaba de nos deixar Demetre Anastassakis , um dos mais abnegados e competentes arquitetos que conheci. Deixou em sua passagem entre nós um impressionante legado construído por uma impressionante e incansavel paixão pela profissão. E uma obra marcada por uma opção clara de se dedicar a melhorar a vida dos que mais precisam. Um testemunho de vida que nos enche de orgulho e esperança. Um verdadeiro mestre, generoso e hábil na construção de soluções para seus projetos e sonhos.
Digo que todos nós que insistimos em fazer Arquitetura e Urbanismo por essas bandas devemos muito a esse incansável, brilhante e valoroso companheiro. Sua obra intensa e expressiva nos enche de orgulho e nos fornece combustível para continuarmos a crer que podemos e devemos fazer melhor pela gente e por este lugar que ele tentou amou e valorizou.
Viva Demetre nosso mestre!”

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.