Vicente Loureiro agora é colunista do Nova Iguassu Online

dezembro 2, 2019 /

Os leitores do Nova Iguassu Online – de olho na Baixada acabam de ganhar um valioso presente nas comemorações dos dois anos de criação de existência do site. Trata-se de Vicente de Paula Loureiro, um dos grandes talentos do urbanismo brasileiro. Morador de Nova Iguaçu, ele é hoje referência na discussão de temas que envolvem as nossas cidades. Vicente aceitou o convite e agora faz parte do nosso time de colunistas.

*Vicente Loureiro

                  Cidade-se

Cidade não é verbo. Isso não impediu publicitários paulistanos de abrirem uma  campanha para um lançamento imobiliário na área central de São Paulo, conclamando potenciais clientes a um novo modo de morar propondo – lhes o substantivo conjugado no imperativo: cidade – se.
Significando no material publicitário o fato de morar no centro como um ato de poder ser efetivamente urbano, de gostar de fazer o dia a dia a pé, de conviver com diversidade social na vizinhança, do dinamismo do comércio e serviços do entorno. Classificando esta localização na cidade como sendo o centro de todas as tendências e oportunidades. Portanto, o lugar ideal para viver.
Comprovam a tese de ocupação do coração da cidade destacando a presença nele de variados espaços culturais, de boas lojas de roupa e objetos de decoração e de inúmeros bares e restaurantes , alguns de grande carisma. Mas principalmente pela oferta de infraestrutura, sobretudo a de Transportes públicos na região.
Apostam na mudança de perfil dos consumidores de imóveis. Percebendo a vontade de jovens adultos bem sucedidos , mas deslocados, de estabelecerem uma relação de usufruto dos bens e serviços disponíveis na cidade. São mais conscientes e ao mesmo tempo mais exigentes. Prezam uma vida com alguma sofisticação, porém sustentável. Por conta disso são chamados de “hipters” .
Tais mudanças comportamentais tem provocado ajustes nos produtos imobiliários oferecidos. Nos últimos dez anos os apartamentos comercializados nesta área tiveram seu tamanho médio reduzido à metade. Ao mesmo tempo que as unidades residenciais ficaram mais compactas, com cerca de 45m2, uma série de espaços compartilhados passaram a fazer parte das novas incorporações. São eles as lavanderias, os home-offices, as salas de reuniões, os salões de jogos, entre outras novidades.
Famílias de jovens com filhos pequenos, hipters também mas solteiros, casais homo afetivos e idosos autônomos tem sido o público alvo destes empreendimentos, alguns com apartamentos de apenas 10m2 de área privativa. Tudo para que cada vez mais gente cidade – se.

 

*Vicente Loureiro é arquiteto e urbanista, doutorando em Urbanismo na Universidade de Lisboa. Foi Secretário de Urbanismo em Nova Iguaçu e em mais 4 cidades. Exerceu também cargos de Secretário e Subsecretário de Estado em pastas vinculadas ao tema. Atualmente é Conselheiro da Agência Estadual Reguladora de Transportes Concedidos.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.