Veículo especial do Programa Patrulha Maria da Penha atenderá 5 municípios da Baixada Fluminense

agosto 9, 2019 / Sem categoria

 

O combate à violência contra a mulher ganhou mais um reforço na cidade de Queimados, na Baixada Fluminense. Isto porque o Governo do Estado do Rio de Janeiro disponibilizou uma nova viatura caracterizada pelo Programa Patrulha Maria da Penha/ Guardiões da Vida. A iniciativa, que visa oferecer acompanhamento às mulheres que foram ameaçadas e tiveram medida protetiva contra o agressor, foi lançada na última segunda-feira (5).

As equipes atuarão 24 horas por dia e, além de Queimados, farão patrulhamento nos municípios de Japeri, Paracambi, Seropédica e Itaguaí. Um diferencial do programa é a presença obrigatória de uma mulher na dupla de policiais que atuarão nos dois turnos. Além disso, os agentes foram ensinados a identificar o perfil do agressor por meio do preenchimento de um formulário com 25 perguntas que são indicadores de risco, desenvolvido para ajudar as autoridades no reconhecimento de elementos que possam levar às agressões e ao feminicídio.

Para a Coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Eliana Leôncio, a viatura ajudará a diminuir os números de descumprimentos das medidas protetivas: “Muitas vezes, a Justiça determina a prisão do agressor, mas não conseguimos efetuá-la. Esperamos que com essa patrulha, as mulheres se sintam mais seguras para denunciar seus agressores, uma vez que toda a atenção e preparo é voltado para esse tipo de crime”, elucidou a gestora.

De acordo com dados do ISP (Instituto de Segurança Pública), há um perfil claro nos crimes de violência contra a mulher: 56% das vítimas são negras ou pardas, têm idade entre 30 a 59 anos; 56% dos casos os autores são companheiros ou ex-companheiros, e 62% das agressões aconteceram dentro de suas próprias residências.

Só em 2019, 40 homens foram detidos por violência contra a mulher no município de Queimados. Eles foram encaminhados às delegacias policiais graças à atuação efetiva dos agentes do Proeis (Programa Estadual de Integração na Segurança), no cumprimento da Lei Maria da Penha (nº 11340/06), que comemorou 13 anos de existência neste 7 de agosto.

Para auxiliar mulheres que estejam em situação de vulnerabilidade a recomeçarem a vida, Queimados conta com o Centro Especializado no Atendimento à Mulher. A unidade atende toda a região da Baixada Fluminense, realizando assistência jurídica, psicológica e social. O órgão funciona de segunda a sexta, das 9h às 17h, na Estrada do Lazareto, 85-Centro/Telefone: 2665-2508. Todas as denúncias anônimas sobre violência contra a mulher podem ser registradas pelo 2253-1177 (Central Disque Denúncia) ou pelo 180, número da Central de Violência Contra a Mulher.

 

fotos de  Thiago Loureiro e Igor Lima/Divulgação

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.