Vantagem de Bolsonaro sobre Haddad aumenta no Ibope ( 41 x 25) e no Datafolha ( 40 x 25) . ABI exige respeito à Democracia

outubro 7, 2018 /


Paes : Vamos ter que organizar as finanças, mas posso assegurar que no meu governo nós vamos investir pelo menos 25% do orçamento na educação, como manda a Constituição .


Romário preferiu fazer corpo a corpo com eleitores do Norte Fluminense

Os resultados das pesquisas de intenção de voto para Presidência da República, as últimas antes da eleição de amanhã, feitas pelo Ibope e pelo Datafolha, a pedido do jornal Folha de São Paulo e da Tv Globo, apontam que o deputado Jair Bolsonaro (PSL) tem 41% e 40% , respectivamente, seguido por Fernando Haddad(PT/PC do B) com 25% em ambos os institutos. Em terceiro lugar está Ciro Gomes (PDT): 15% no Datafolha e 13% no Ibope. No Ibope, Geraldo Alckmin (PSDB) tem 8% e Marina ( Rede) 3%. O Datafolha entrevistou 19.552 pessoas em 382 municípios ente a sexta-feira (5) e este sábado, dia 6 de outubro. A margem de erro das pesquisas é de 2 pontos para mais ou para menos. O capitão Bolsonaro subiu de 38% para 41% das intenções de votos válidos, sem contar nulos e brancos. Haddad caiu 3 pontos em relação à última sondagem do Ibope.Para o governo do Estado do Rio, o ex-prefeito Eduardo Paes ( Democratas) tem 27% no Datafolha ; Romário ( Podemos), 17%; Wilson Witzel (PSC) , 17%, e Indio, 13%. Já o Ibope mostra Eduardo Paes com 32% dos votos válidos e Romário com 20%. Para o Senado, o deputado Flávio Bolsonaro (PSL) tem 23%; César Maia ( Democratas(, 18%; Lindbergh Farias (PT), 15%; Chico Alencar (Psol), 11%.

ABI EXIGE RESPEITO À DEMOCRACIA

O Presidente da Associação Brasileira de Imprensa, Domingos Meirelles, divulgou nota sobre as eleições de hoje. Eis a Nota Oficial:

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IMPRENSA REAFIRMA SEU COMPROMISSO COM A DEFESA DOS VALORES DEMOCRÁTICOS E O DIREITO DE CADA CIDADÃO EXPRESSAR LIVREMENTE SUA OPINIÃO,IDEOLOGIA E RELIGIÃO.NÃO SE PODE PERMITIR SOB QUALQUER PRETEXTO O ESGARÇAMENTO DESSES PRINCÍPIOS, DIANTE DO RISCO DA NAÇÃO PERDER-SE A SI MESMA,ÀS VÉSPERAS DE UMA ELEIÇÃO CUJA CAMPANHA FOI MARCADA PELO ÓDIO E A INTOLERÂNCIA EM RELAÇÃO AO OUTRO. NÃO SE PODE TOLERAR QUE PROSPERE O ESCÁRNIO PELA DIFERENÇAS QUE COMPOEM A RIQUEZA DA DIVERSIDADE HUMANA. A DEMOCRACIA NÃO PODE SER CONSPURCADA PELA ESTULTÍCIA DAS PAIXÕES DO MOMENTO. AO SE CONSTRUIR UMA DECISÃO COLETIVA, É FUNDAMENTAL QUE SEJAM RESPEITADAS AS REGRAS DO JOGO. A ABI ESPERA QUE CADA ELEITOR EXERÇA SUA ESCOLHA COMO UMA VITÓRIA DA LIBERDADE, APESAR DO DISCURSO DOS PROXENETAS DOS EXTREMOS, QUE VICEJAM ALBERGADOS NOS CANTOS ESCUROS DA HISTÓRIA, ONDE A LUZ DA RAZÃO JAMAIS CONSEGUE PENETRAR.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.