Supremo manda para o TRE do Rio processo da Lava-Jato que envolve Lindberg Farias

março 20, 2019 /

O Supremo Tribunal Federal decidiu hoje, por unanimidade, que o ex-Senador Lindberg Farias, do PT do Rio, será julgado pela Justiça Eleitoral no processo em que é acusado pela Odebrecht em delação premiada de ter recebido R$4,5 milhões de propina, em 2008, quando era Prefeito de Nova Iguaçu. Naquele ano, a empreiteira ganhou licitações feitas pela Prefeitura de Nova Iguaçu para realizar obras do Programa e Aceleração do Crescimento ( PAC) em bairros localizados ao longo da Estrada de Madureira. Os ministros do STF entenderam que o crime cometido por Lindberg é o de Caixa 2 e que cabe ao TRE-RJ julgar o ex-Senador. Ficou faltando o voto da ministra Carmem Lúcia para ser decidida favoravelmente ou não ao ex-Senador a proposta feita por Ricardo Lewandovsky de conceder 60 dias de prazo à defesa de Lindberg antes de o processo ser encaminhado para a Justiça Eleitoral.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.