Subseção da OAB de Nova Iguaçu/Mesquita se reúne para explicar festa com gogo boys e strippers pelo Mês dos Advogados

setembro 5, 2019 /

o presidente da Subseção da OAB de Nova Iguaçu/Mesquita, Hilário Franklin, informou hoje (05/09)  ao Nova Iguassu Online, por telefone, que encaminha amanhã, sexta-feira, à OAB-RJ, as informações a propósito da polêmica festa, com direito a gogo boys e strippers, que encerrou, sexta-feira última,  com um baile na casa de festas Glass Palace, no centro desta cidade, as comemorações do Mês da Advocacia. Hilário, que participou do evento, não quis comentar a repercussão da festa, mas disse que estava reunido “neste momento” para responder ao comando da entidade no Rio.

Imagens de tequileiros servindo bebida direto na boca de  homens e mulheres, supostamente advogados (as), viralizam desde a madrugada de sábado nas redes sociais.   A subseção de Nova Iguaçu da Ordem de Advogados do Brasil foi intimada pela OAB do Rio de Janeiro a explicar a festa em comemoração ao Dia do Advogado.  Isto porque o órgão na Baixada Fluminense contratou gogo boys e dançarinas stripers para o evento, que reuniu até membros da diretoria.

Em nota, a OAB-RJ afirmou que o evento não foi realizado com dinheiro da instituição e que a venda de ingressos financiou a festa. O órgão também declarou que não foi consultado sobre a comemoração, mas que cada subseção tem autonomia para tal.Além disso, a ordem informou que não foi “consultada ou informada sobre a programação da festa”.

A OAB-RJ disse ainda que “eventos comemorativos da advocacia devem ser compatíveis com o decoro da atividade profissional”.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.