Sobe para 32% avaliação negativa do governo Bolsonaro , aponta Ibope

junho 27, 2019 /

Segundo os dados de pesquisa Ibope, realizada para a Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada nesta quinta-feira (27), o percentual de pessoas que consideram o governo de Bolsonaro como ruim ou péssimo subiu de 27% para 32%. Pela primeira vez o índice dos que desaprovam a maneira como o presidente Jair Bolsonaro governa supera os que aprova. A desaprovação chegou a 48% enquanto a aprovação caiu para 46%. Na pesquisa de abril, a reprovação era de 40% e a aprovação era de 51%.

Os que consideram o governo ótimo ou bom também são 32%, ante 35% na pesquisa anterior. Já a avaliação regular do governo também ficou em 32% (era 31%). Os que não responderam foram 3%. O índice de confiança seguiu a mesma direção. Os que não confiam no presidente são 51% (era 45%), enquanto os que dizem confiar são 46% (era 51%).

De acordo com a pesquisa, a avaliação de Bolsonaro é melhor entre os homens do que entre as mulheres. Ele tem 36% de ótimo e bom entre homens e 29% entre as mulheres. A avaliação negativa (ruim ou péssimo) é de 37% entre as mulheres e 26% entre os homens.

Já na avaliação por regiões, o presidente chega a 52% de ótimo e bom no Sul, enquanto que no Nordeste tem sua pior avaliação, com 47% de ruim e péssimo. Em relação a renda, Jair Bolsonaro é melhor avaliado entre os mais ricos (49% de ótimo e bom entre os que tem renda familiar maior de 5 salários mínimos) e tem piora nos índices a medida que a renda diminui, chegando a 41% de ruim e péssimo entre os que tem renda familiar menor de um salário mínimo.

Sobre segurança pública, o governo obteve 54% de aprovação, enquanto “impostos” teve o pior resultado, com 61% de desaprovação. Comparando com a pesquisa anterior, a área de educação foi a que sofreu a maior queda, com a desaprovação subindo de 44% para 54%.

Foram ouvidas 2 mil pessoas em 126 municípios entre os dias 20 e 23 de junho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%.

Aloma Carvalho