SÉRGIO CABRAL E PAULO MELO NEGOCIAM DELAÇÃO PREMIADA

julho 25, 2019 /

 

Estão avançadas as negociações entre a defesa do ex-governador Sérgio Cabral e Polícia Federal para a assinatura de um acordo de delação premiada. No último mês, Cabral já realizou mais de 10 depoimentos à PF, relatando detalhes sobre o pagamento de propina envolvendo deputados estaduais, federais, ex-ministros e senadores.

Diferentemente do que ocorre em outros casos, nada até agora tem sido vazado pela PF. Há semanas em que o ex-governador comparece até três vezes à sede da Polícia Federal para prestar depoimento.


Num outro movimento, sem relação com as inciativas de Cabral, o ex-presidente da Alerj, Paulo Melo, também manifestou interesse ao MP em fazer uma delação premiada. Ele também vai apresentar um cardápio do que sabe sobre pagamento de propina envolvendo deputados e ex-secretários de estado.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.