Parceria da ALERJ com o governo estadual reforça segurança no Rio com mais 390 novos policiais militares

junho 29, 2019 /

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Polícia Militar, apresentou, nesta sexta-feira (28/06), os novos 390 policiais militares que ajudarão no reforço da segurança pública no Rio de Janeiro. Esta é a primeira turma de agentes formados este ano. Os recursos para o pagamento destes novos  PMs são oriundos de uma parceria da Assembléia Legisaltiva do Rio com o governo estadual. A ajuda financeira da ALERJ garantirá às cidades fluminenses mais  3,5 mil, novos soldados da PM. O socorro financeiro ao Palácio Guanabara foi articulado pelo Deputado André Ceciliano (PT), presidente do parlamento fluminense. A solenidade de formatura, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap, na Zona Oeste, contou com a presença do governador Wilson Witzel e do secretário de Polícia Militar, Coronel Rogério Figueredo de Lacerda, entre outras autoridades. No discurso, Witzel destacou a importância da Polícia Militar para a democracia.

– Em nome do povo do estado do Rio de Janeiro, quero agradecer a todos os senhores e senhoras que, com dedicação, carinho, amor e a disciplina necessária da boa formação, estão hoje entregando ao Rio de Janeiro seus filhos para servirem na mais nobre de todas as missões que um homem e uma mulher pode se prestar: doar-se à causa da defesa da sociedade, vigiando àqueles que hoje enfrentam nas ruas o crime organizado, vigiando as nossas ruas e se dedicando ao trabalho na Polícia Militar. Esta nobre missão, certamente, é fundamental para o Estado Democrático de Direito – falou o governador.

Segundo a PM, os novos soldados já estão em condições de atuar no policiamento preventivo e ostensivo no estado. Os 390 policiais militares tiveram dois treinamentos adicionais – porte velado de armas, para atuarem com mais segurança durante os períodos de folga; e capacitação de tomada de decisão, para que possam agir com rapidez em situações de estresse intenso. O treinamento utilizou um simulador em um ambiente virtual. Além deste diferencial, os novos profissionais cursaram a grade curricular convencional, com as disciplinas práticas e teóricas previstas na formação básica do efetivo da corporação.

 

 

 

 

– Em nome do povo do estado do Rio de Janeiro, quero agradecer a todos os senhores e senhoras que, com dedicação, carinho, amor e a disciplina necessária da boa formação, estão hoje entregando ao Rio de Janeiro seus filhos para servirem na mais nobre de todas as missões que um homem e uma mulher pode se prestar: doar-se à causa da defesa da sociedade, vigiando àqueles que hoje enfrentam nas ruas o crime organizado, vigiando as nossas ruas e se dedicando ao trabalho na Polícia Militar. Esta nobre missão, certamente, é fundamental para o Estado Democrático de Direito – falou o governador.

Segundo a PM, os novos soldados já estão em condições de atuar no policiamento preventivo e ostensivo no estado. Os 390 policiais militares tiveram dois treinamentos adicionais – porte velado de armas, para atuarem com mais segurança durante os períodos de folga; e capacitação de tomada de decisão, para que possam agir com rapidez em situações de estresse intenso. O treinamento utilizou um simulador em um ambiente virtual. Além deste diferencial, os novos profissionais cursaram a grade curricular convencional, com as disciplinas práticas e teóricas previstas na formação básica do efetivo da corporação.

– Esta formatura representa o primeiro passo de uma meta que traçamos para recompor o efetivo de nossa corporação, que, ao longo dos últimos três anos, sofreu um dramático processo de perdas. Estamos recolocando a estrutura da bicentenária Polícia Militar nos trilhos para seguir o seu destino histórico de servir e proteger a nossa sociedade – afirmou o secretário da PM, Coronel Figueredo.

A partir do mês que vem, uma nova turma começará mais uma formação no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças: 500 novos concursados de 2014 darão início ao curso, no próximo dia 18 de julho. Ao longo de 2019, outras quatro turmas, com 500 concursados, também ingressarão no CFAP.

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.