Roqueiro Serguei está internado no CTI em hospital de Volta Redonda

maio 29, 2019 /

Serguei está internado em estado grave

O músico Sérgio Augusto Bustamante, conhecido como Serguei, teve piora no quadro de saúde na última terça-feira (28) e precisou ser transferido de Hospital Nossa Senhora de Nazaré, no distrito de Bacaxá, para Hospital Regional do Médio Paraíba, em Volta Redonda, onde permanece em um centro de tratamento intensivo.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, o estado de saúde do cantor de 85 anos é considerado grave. Internado há 23 dias, ele chegou ao hospital com quadro de desidratação, pneumonia e infecção urinária.

Durante o período, Serguei enfrentou arritmia severa e insuficiência respiratória aguda, o que gerou a transferência de hospital. Serguei também enfrenta uma anemia e pode estar com um quadro inicial de alzheimer.

Nascido no Rio de Janeiro em 1933, o músico é filho de um executivo da IBM e de uma dona de casa. Ele teve contato com o rock bem cedo, quando foi morar com a avó em Long Island, no estado de Nova York.

Por lá, frequentou festivais e conheceu muitas bandas antes que elas fossem divulgadas no Brasil. Entre as histórias da juventude do cantor, a mais famosa é o rápido relacionamento que ele supostamente teve com Janis Joplin. O caso nunca foi confirmado, pois a própria cantora morreu em 1970.

Além disso, Serguei fez shows em duas edições do Rock in Rio: Rock In Rio II (1991) e Rock In Rio III (2001).

Em sua residência, na cidade de Saquarema, foi criado o Museu do Rock, administrado por Serguei e constituído com peças de roupas, discos, prêmios, livros, cartazes, filmes em VHS e outros materiais sobre a vida do cantor.

Apesar da fama, Serguei produziu pouco. Ao todo, são oito compactos e três CDs lançados em 54 anos de carreira.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.