Rio garante realização de Árvore da Lagoa

novembro 13, 2019 /

Um dos principais eventos do calendário turístico do Rio de Janeiro, que estava ameaçado de não acontecer por falta de patrocínio, a Árvore de Natal da Lagoa está garantida este ano graças ao apoio do governo do estado. A Secretaria de Cultura e Economia Criativa fechou uma parceria com a Light, que, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, custeará os R$ 14 milhões necessários para o espetáculo de luzes e cores, que será inaugurado no dia 14 de dezembro. Segundo o governador Wilson Witzel, a Árvore da Lagoa é importante para a economia da cidade e do estado e, por isso, todos os esforços foram feitos para que o empreendimento pudesse acontecer.

– Não são apenas os moradores da região que apreciam a Árvore. Ela atrai pessoas de outros bairros, cidades e países. Já é uma tradição, que movimenta a rede hoteleira, o comércio e os restaurantes. O turismo é fundamental nessa recuperação por que passa o estado – disse Witzel.

De acordo com o secretário de Cultura e Economia Criativa, Ruan Lira, o governo iniciou as negociações com empresas depois de que a Prefeitura do Rio informou que não iria dar apoio financeiro para a Árvore da Lagoa.

— Quando soubemos que a prefeitura não teria mais condições de aportar recurso para que a Árvore fosse instalada este ano, começamos a nos mobilizar. É um símbolo do Rio de Janeiro. Assim, dentro o orçamento da Secec, via lei de incentivo, conseguimos viabilizar o evento – contou o secretário.

Segundo estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas, a Árvore da Lagoa reuniu 400 mil pessoas no ano passado, 10% turistas de fora do estado. O evento, que cria 3,8 mil postos de trabalho temporário, tem potencial de gerar um retorno econômico de cerca R$ 250 milhões.

Aloma Carvalho