Queimados implanta Educação a distância para jovens e adultos

junho 19, 2019 /

Igualdade de oportunidades educacionais para todos, ampliação do acesso e melhora na qualidade do ensino-aprendizagem.Para vencer esses desafios a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou nesta terça-feira (18), a aula inaugural do Centro de Educação a Distância de Queimados (CEADQ). O evento aconteceu no Teatro Municipal Metodista. A proposta, que é pioneira nas redes municipais de ensino da Baixada Fluminense e já conta com cerca de 800 alunos inscritos

O Centro funcionará de segunda a sexta-feira, das 17 às 21h, nas dependências da Escola Municipal Oscar Weinschenck (Rua Camarim, nº 1286, Vila do Tinguá). Cerca de 200 alunos compareceram à aula inaugural. Quem está inscrito e não foi, deverá oficializar o ingresso do curso no polo apresentando Certidão de nascimento ou casamento, identidade, CPF, comprovante de residência, comprovante de escolaridade e uma foto 3×4.

O espaço conta com 11 tutores da Rede Municipal que durante todo curso estarão à disposição tanto para atendimento presencial como online com o intuito de sanar as dúvidas dos alunos. Outro momento que os alunos irão ao polo é para realizar suas provas. O projeto visa facilitar a vida de quem precisou deixar cedo a sala de aula e não possui tempo para voltar presencialmente ao ambiente escolar.

Educação Inclusiva até a distância

Um exemplo de que a educação municipal está avançando é a inclusão da plataforma para os deficientes. E quem irá usufruir deste modelo será a deficiente auditiva Andrea Brito (33), que afirmou sua vontade em aprender: “A minha filha que me falou sobre o Centro de Educação a distância. Eu vim da Bahia e o meu desejo é aprender mais, pois quero ajudar meus filhos em suas tarefas da escola”, disse a moradora do bairro São Cristóvão, ao lado da interprete de Libras, Conceição Batalha.

A dona de casa, Maria das Dores da Silva (50), fez questão de inscrever seus dois filhos, Robson da Silva (22) e Marcos Vinicius da Silva (21) na plataforma online. Fora da escola há trinta anos, a senhora afirma acreditar no poder que a educação tem em nossas vidas: “Eu vejo que o estudo hoje é muito importante. E se você não tem uma qualificação fica difícil conquistar uma vaga de emprego. A minha filha, que está se formando em direito, foi a que incentivou nossa vinda até aqui”, disse a moradora do bairro Santo Expedito.

Quem ainda não se inscreveu no (CEADQ) poderá realizar a pré-matrícula por meio do formulário virtual https://bit.ly/2DUjCQ4 ou na sede da SEMED (Rua Hortência, 6, Centro – atrás da Praça dos Eucaliptos), das 9h às 17h. Os interessados devem ter mais de 18 anos e estarem aptos a cursar do 6º ao 9º ano.

Aloma Carvalho