Queimados faz força-tarefa para garantir comércio fechado; Previd Belford Roxo suspende atendimento presencial

março 24, 2020 /

Para cumprir o decreto do Prefeito Carlos Vilela, que determina o não funcionamento integral do comércio da cidade de Queimados, a Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública de Queimados realizou uma força-tarefa para fiscalizar e fechar lojas que não cumpriram as medidas que passam a valer a partir desta terça-feira (24). Com base no documento, os agentes só permitiram o funcionamento do comércio essencial, como os estabelecimentos de venda de alimentos, de saúde, comunicação e provedores de internet. As medidas têm prazo inicial de 15 dias e objetivam a prevenção à pandemia coronavírus no município.

Cerca de 30 agentes de segurança pública, com o reforço da Polícia Militar, foram aos principais centros comerciais da cidade. Para os comerciantes que insistiram em abrir as portas, a recomendação era que fechassem os estabelecimentos imediatamente. As ações desta terça foram de conscientização e prevenção. Vale ressaltar que ninguém resistiu às ordens. Em caso de descumprimento das medidas publicadas no decreto municipal, as autoridades competentes têm como base a legislação sanitária federal (lei nº 6437/77 e artigo 268 do Código Penal) para aplicação de multas e até prisões.

Com o decreto, o comércio de toda cidade passa a não funcionar integralmente e só ficarão abertos mercados, padarias, postos de gasolina, farmácias, pet shops, mercearias, hortifrutis, açougues, aviários, peixarias e provedores de comunicação e acesso à Internet. Apenas os serviços de pronta-entrega estão liberados para restaurantes, bares e afins.

O secretário municipal de Segurança e Ordem Pública, Eneas Costa, comandou a operação e ressaltou a importância da compreensão de todos neste momento: “Quero agradecer à grande maioria dos donos de lojas que entendeu a gravidade do assunto e fecharam suas lojas. Não estamos atuando com repressão, apenas conversando e conscientizando a todos que precisamos de união para vencermos esta crise”, declarou.

Instituto de Previdência de Belford Roxo suspende atendimento presencial

Em virtude da pandemia causada pelo Coronavírus, o Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Belford Roxo (Previde) não atenderá de forma presencial. Agora, aposentados, pensionistas e demais interessados nos serviços administrativos de processamento de aposentadorias, pensões, revisões, fornecimento do demonstrativo financeiro e o processamento dos proventos por telefone. Acontece que servidores do Previde trabalharão em sm sistema de teletrabalho/home office e por um padrão de escala na sede do órgão.

Os comprovantes de rendimentos 2019 para imposto de renda (DIRF) e contracheques podem ser obtidos mediante o envio de email para crhprevidebelfordroxo@gmail.com. Para requerimento e mais informações podem ser obtidas pelos telefones 2661-1018 e 2661-1130.

Aloma Carvalho