Produtores de Queimados recebem incentivos do Rio Rural

maio 25, 2018 /

Do coração do nordeste para Queimados. Essa foi a rota traçada há pouco mais de duas décadas pelo agricultor José Alves dos Santos (49). Na bagagem, o sonho de oferecer uma vida melhor para a família. Hoje, distante de Afogados da Ingazeira, em Pernambuco, sua terra natal, ele faz da terra sua fonte de vida e vê o objetivo inicial mais próximo de ser alcançado. Com o apoio da prefeitura local, ele é um dos 22 produtores da Microbacia Vista Alegre contemplados pelo Programa Rio Rural.

A iniciativa visa promover e incentivar a autogestão dos recursos naturais nas comunidades rurais através da sustentabilidade e faz parte do Programa Estadual de Desenvolvimento Sustentável em Microbacias Hidrográficas. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Agrícola (SEDRAG), tem apoiado este trabalho, tanto na divulgação, quanto no preparo dos solos e assistência técnica.

Criado em 2007, o intuito do Rio Rural é que os agricultores familiares adotem práticas como: preservação de nascentes, proteção de matas ciliares, conservação da biodiversidade e pastoreio rotacionado. De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Agricultura e Pecuária do Estado do Rio (Seapec), o programa já beneficiou mais de 45 mil produtores familiares em 373 microbacias de 78 municípios fluminenses, o que vem harmonizando a produção de alimentos e a recuperação ambiental.

Acesso às novas tecnologias

Seu José recebe o apoio técnico da prefeitura desde 2003. Há três anos, o criador de gado e produtor de cana, feijão de corda, aipim e milho, se cadastrou no projeto Rio Rural, mas foi há três meses que ele recebeu o incentivo de R$5 mil reais, que o ajudou a comprar 100 dúzias de cana forrageira e 2,5 mil metros de arame, que cercou uma parte do seu sítio de 1.5 hectares. “Eu nunca tinha utilizado nenhum benefício rural do Governo Federal, então pra mim foi ótimo. Já aumentamos a nossa produção e a ideia é ampliar ainda mais”, concluiu.

Em Queimados, o programa tem sido divulgado no Conselho Municipal da Agricultura e nas oficinas de capacitação oferecidas aos agricultores, que acontecem mensalmente na sede da Secretaria, além da presença do apoio técnico da Emater-RJ. Já em relação ao apoio técnico, a prática já é uns dos serviços oferecidos pela prefeitura, que já são mantidos nos sítios da zona rural da cidade com visitas semanais. A Secretaria fica na Rua Francisco Gabriel, s/nº, Vila Camorim, em Queimados. Para entrar em contato basta ir até o local, que tem o expediente de 8h às 17h, ou falar pelo telefone (21) 2779-8484.

Aloma Carvalho