Padroeiro agora do Estado do Rio com São Sebastião, São Jorge tem missas e procissão em Nova Iguaçu

abril 22, 2019 /

Os deputados André Ceciliano PT), Tutuca (MDB) e Luiz Paulo Corrêa da Rocha  (PSDB)fizeram  a sua parte,  cabalando os votos que permitiram a aprovação, por unanimidade , do projeto na Alerj que dividiram democraticamente a autoria; e  o governador Witzel já disse que sancionou e que só faltra publicar no Diário Oficial que São Jorge e São Sebastião são os padroeiros do Estado do Rio de Janeiro. E é neste espiríto de vitória que os devotos  do Santo Guerreiro festejarão hoje, às 20h30m, na Igreja  de São Jorge e de Nossa Senhora de Fátima ( Rua Getúlio Vargas 220, a famosa rua dos cartórios), no Centro de Nova Iguaçu) , mais uma conquista do soldado cristão no exército do impertrador romano Diocleciano e foi decapitado por protestar contra a perseguição dos cristãos.

 

O espetáculo Jorge- História de um Santo Lutador ,  é  apresentado em Nova Iguaçu há 15 anos. O cavalo de madeira é um trabalho feito pelo arista plśtico Raimundo Rodriguez. O ator Augusto Vargas é São Jorge na peça em que o ator e coordenador de Artes Cênicas de Noava Iguaçu, Ludoviko Vianna, está desde  a primeira edição.  A cantora Fernanda Morais, dona de uma belíssima voz, assina a direção musical com Beto Rocha. Ela vai viver a mãe de Jorge novamente hoje. Ontem à noite, São Jorge lotou a igreja. Durante o espetáculo foram exibidas imagens de vítimas de homofobia, feminicídio, corrupção, guerras, desastres ambientais e naturais, além da morte da vereadora Marielle Franco. e do músico Evaldo Santos. Evaldo foi assassinado por soldados do Exército numa ação em que foram disparados 80 tiros. O Exército identificou e prendeu os soldados. Amanhã, dia de São Jorge, feriados estadual, a programação será intensa: alvorada às 5 horas com foguetório, missa de hora em hora, o famoso angú do santo, quermesses e uma procisssão no final da tarde.

Salve, Jorge !

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.