Queimados reforça atenção básica na Saúde com o “Mais médicos”

maio 2, 2019 /

A Saúde de Queimados está com reforço de 11 profissinais do Programa “Mais Médicos”. A cidade foi contemplada com sete novos médicos para compor a equipe. Com carga horária de 40h de consultas em Clínica Geral e um dia por semana dedicado aos estudos – como determina o programa. Os profissionais somam forças com outros quatro previamente cadastrados no município.

Juntos, o corpo médico trazido pelo Programa atende aproximadamente 40 mil usuários cadastrados nas unidades de saúde. Entre os bairros que são beneficiados pelo programa estão: Vila Americana, Parque Santiago, Eldorado, Valdariosa, Santa Rosa, Jardim Queimados, Inconfidência, Belmonte, Vila Central, Santo Expedido e Jardim da Fonte.

Criado em 2013, o “Mais Médicos” é parte de um amplo esforço do Governo Federal, com apoio de estados e municípios, para melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de suprir a carência de médicos em diversas regiões, o programa designou os profissionais para atuarem na rede de atenção básica, com o objetivo de prevenir doenças e evitar o deslocamento de pacientes para grandes hospitais e, por conseguinte, a lotação desnecessária das emergências.

De acordo com a Secretária da Pasta, Drª Lívia Guedes, a presença dos novos profissionais no município é de suma importância para a população. “Todos os médicos são importantes para nós. A dedicação com o paciente, o amor pela profissão e o tratamento humanizado são pontos fortes para a saúde pública dar certo. E, é por isso que eu agradeço a eles por terem aceitado vir para a nossa cidade e por fazerem um trabalho muito bem feito para o nosso povo”, declarou a gestora.

Diversidade a serviço do povo

Minas Gerais, Rondônia, Maranhão, Mato Grosso e até La Paz. São diversas origens dos médicos que partiram em busca do sonho de cuidar do próximo. Andreia Riveiro (37), por exemplo, saiu da capital boliviana para trabalhar no programa Mais Médicos.

“Já estou há dois anos em Queimados e antes de vir para cá trabalhei em São Paulo e Minas Gerais. Deixei minha família e meus amigos para me dedicar à profissão. Graças a Deus fui muito bem acolhida aqui e aproveito sempre as férias para rever meus pais”, afirmou a profissional que atua na Clínica da Família do bairro Vila Americana.

E quem está se adaptando à nova cidade é a Ana Carolina Moreira (38). Atendendo no município desde janeiro, ela afirma que apesar de sentir saudades da filha, o carinho dos pacientes ajuda a motivar a continuidade do trabalho. “Ainda não consegui trazer ela e meu esposo para cá, porém todo final de semana eu vou para Paraty vê-los. O que me conforta é o carinho que a população tem comigo e o lindo trabalho em equipe dentro da unidade”, conclui a médica da Clínica da Família do Eldorado.

Aloma Carvalho