Ônibus é incendiado durante protesto que reuniu 150 mil pessoas no Centro do Rio contra corte de recursos na Educação

maio 15, 2019 /

Cerca de 150 mil pessoas participaram hoje de ato no Centro do Rio contra o corte de verbas para educação. Foi o maior ato de protesto contra o governo Jair Bolsonaro em sua curta duração de somente três meses. No final do dia, manifestantes lotaram a Avenida Presidente Vargas e caminharam em direção à Central do Brasil. Todas as faixas da avenida, a principal da capital, foram tomadas por estudantes, professores e funcionários de instituições públicas, além de estudantrs da rede privada. No final da manifestação  houve tumulto nas proximidades do Palácio Duque de Caxias, na Central do Brasil, com enfrentamento entre policiais e manifestantestantes. Um ônibus está pegando fogo neste momento na pista lateral da Avenida Presidente Vargas no sentido Candelaria, próximo à Avenida Passos. Bombas de gás lacrimogêneo e tiros de bala de borrachas firam utilizadas durante o confronto. O trânsito está tumultuado no Centro.

Alunos da UFF, de Niterói, chegando na Praça XV, para a manifestação. Veja o vídeo:

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.