MP pede condenação de responsável por esfaquear Bolsonaro com pena reduzida

abril 10, 2019 /

O Ministério Público Federal (MPF) enviou à Justiça um parecer favorável a condenação de Adélio Bispo, responsável por esfaquear o presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a campanha eleitoral. Porém, a órgão afirma que a sentença deve ser reduzida, alegando problemas.

Agora, a defesa de Bolsonaro deve ouvida, e logo em seguida a do agressor. O caso está sob responsabilidade do juiz Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal em Juiz de Fora.

Em março deste ano, a Justiça Federal solicitou um laudo psiquiátrico para averiguar a sanidade de Adélio. O laudo apontou que o agressor do presidente sofre de “Transtorno Delirante Permanente-paranoide”, e por isso tem um quadro de insanidade mental, não podendo responder por suas atitudes.

Foto: Reprodução/internet

Aloma Carvalho