Morre menina que caiu na poça de gasolina, em Caxias

maio 23, 2019 /

Internada desde o dia 24 de abril, no Hospital Adão Pereira Nunes, Ana Cristina Pacheco, de 8 anos, não resistiu e veio a óbito nesta quinta-feira (23). A menina teve queimaduras em 80% do corpo ao cair numa poça de gasolina quente, após o vazamemento ocasionado por uma tentativa de furto de combustível no bairro Parque Capivari, Duque de Caxias. A notícia da morte de Ana foi confirmada pela mãe dela, Fernanda Pacheco, de 26 anos.

Ana Cristina morava com a família numa casa em frente ao duto onde ocorreu o vazamento. Segundo Fernanda, ela se perdeu da menina quando foi pegar no colo um dos sobrinhos, para ajudar a irmã os outros parentes a fugir do local. E, então, acabou caindo na poça e ficando para trás.

Aloma Carvalho