Meninos da Vila Olímpica de Belford Roxo ganham oportunidade no futebol

junho 18, 2019 /

Seis meninos com idade entre 13 e 18 anos, que fazem parte do Projeto Atletas do Futuro da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Belford Roxo, ganharam uma nova oportunidade. Cinco deles vão integrar a categoria infantil e juvenil (sub-15 e sub-20) do Esporte Clube Tigres do Brasil e passarão a treinar no Estádio de Los Larios, em Duque de Caxias e o sexto comparecerá esta semana no Estádio de São Januário, em São Cristóvão, para fazer teste de avaliação no Vasco da Gama. O grupo anteriormente fazia parte de escolinhas de futebol de várzea que integram o projeto e em seguida passou a integrar o time da Vila Olímpica, o Belford Roxo Futebol Clube.

“Os jogadores agradaram os olheiros e agora estão prontos para o desafio”, disse o professor de Educação Física, João Carlos Diogo, coordenador do projeto.

O secretário municipal de Esporte e Lazer, Andrew Renato, o Renatinho, informou que a próxima “peneira” está marcada para acontecer no próximo dia 22, no Lote XV. “Dez equipes de escolinhas daquele bairro já fizeram inscrição”, destacou ele, afirmando ainda que os interessados em participar do projeto devem procurar a escolinha de futebol do bairro ou a sede da Vila Olímpica, que fica na Rua Lecilio, s/nº, no bairro Nova Piam, de segunda a sexta, das 8h às 21h.

Ajudar a família

Moradores de bairros da periferia da cidade, os seis meninos têm o mesmo sonho: jogar num grande time e ajudar a família. Felipe Félix de Oliveira, 14, é o único do grupo com o destino diferente. Ele que tem 1,95m de altura vai se apresentar ao Vasco e concorrer uma vaga para zagueiro na categoria sub-15. “Vou me esforçar para conseguir e ficar. Quero crescer e um dia e poder ajudar meus pais”, assegurou o menino que é fã do zagueiro Dedé do Cruzeiro. O baixinho Kauã Lopes da Silva, 13, é o mais falante do grupo. Admirador do jogador rubro-negro, Bruno Henrique, tem se destacado nos treinos, jogando pela ponta direita e alerta: “Não vou perder essa oportunidade. Vou com tudo. Quero ser um grande jogador e ajudar minha família”.

Caio Espírito Santo Almeida, 13 é outro baixinho que tem se destacado. Com habilidade para marcar bem e desarmar os adversários ele também sonha em ser ídolo num grande clube. “Quero jogar no Flamengo e poder fazer muito pelos meus pais”, disse. Seu colega de posição, Ryan Leite de Souza Rodrigues, 16, é o mais tímido, mas avisa que está preparado para jogar na lateral-direita e brilhar e um dia defender o Fluminense. Caio Carvalho da Silva, 16, também é volante e sabe jogar nas laterais. Alexandre Souza, 18, é o mais experiente do grupo. Ele está na categoria sub-20, já passou pelo Vasco, Heliópolis. “Vou abraçar mais essa oportunidade. Jogo como meia-atacante e ainda nas pontas e como centroavante. Tenho certeza que vou chegar lá e ajudar a minha família que torce por mim”, garante ele que é fã de Cristiano Ronaldo.

A partida de despedida pelo Belford Roxo Futebol Clube acontecerá na próxima sexta-feira (21). A partida será contra o Vasco da Gama, às 9h, no campo do Art Sul, em Queimados.

Aloma Carvalho