Meninas do Brasil perdem para França (2×1) no segundo tempo da prorrogação. Na Copa América, Argentina vence o Catar; a Colômbia , o Paraguai

junho 23, 2019 /

Com um gol de Henry logo no início do segundo tempo da prorrogação, a França derrotou o Brasil por 2 x 1 na Copa do Mundo de Futebol Feminino num jogo em que teve mais volume de jogo e oportunidades de gols. Quase 25 mil pessoas lotaram o estádio Oceane, em Le Havre, e no final aplaudiram as duas equipes pela qualidade do futebol que apresentaram. A França abriu o placar com um gol de Gauvin aos 7 minutos do segundo tempo após um cruzamentyo de Diani. Logo depois, aos 12 minutos, o Brasil empatou com  um gol de Thaise. Na prorrogação prevaleceram o melhor preparo físico das francesas e o talento de Henry, estrela maior de uma equipe que vem se destacando há anos no futebol feminino internacional. A contusão de Cristiane, que teve que ser substituída nos minutos por causa de uma distensão na coxa esquerda, depois um um chute forte em direção ao gol, tirou o poder ofensivo do Brasil e fortaleceu a França. Pela Copa América, a Argentina venceu o Catar por 2 x 0 e a Colômbia ganhou do Paraguai por 2×0.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.