Mbappé lidera de novo ranking de jogadores com menos de 21 anos mais valiosos do mundo. Lista tem 3 brasileiros

julho 10, 2019 /

O francês Kylian Mbappé lidera pelo segundo ano consecutivo o ranking dos jogadores menores de 21 anos mais valiosos do mundo, uma lista de atletas elaborada pela Soccerex e a Prime Time Sport e que conta com três brasileiros, o zagueiro Éder Militão e os atacantes Vinícius Júnior e Rodrygo, todos do Real Madrid. De acordo com a quinta edição do relatório anual elaborado pelas duas organizações, o atacante do Paris Saint-Germain é o jogador nascido a partir do dia 1º de janeiro de 1998 mais valioso atualmente, com base na idade, posição, clube, contrato, valor de mercado, número de jogos pela seleção, número de gols, número de partidas e as lesões, entre outras questões técnicas.

Mbappé subiu de valor em relação à última lista e já vale o dobro do segundo colocado da relação, o britânico Jadon Sacho, do Borussia Dortmund, de 120,3 milhões de euros, e o triplo do dono da terceira posição, o zagueiro holandês Mathijs De Ligt (74,5 milhões de euros). Vinícius Júnior, que se destacou na primeira temporada pelo Real Madrid, é o brasileiro mais bem colocado, em oitavo lugar, com valor de mercado de 60,2 milhões de euros. Militão, apresentado hoje o clube merengue, é décimo, com 54,6 milhões de euros, enquanto Rodrygo, que também chegou ao clube madrilenho para a próxima campanha, está em 17º, com 35,3 milhões de euros.

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.