Longe da violência do Rio, Flamengo e Vasco se enfrentam hoje pelo Brasileirão, em Brasília, às 19 horas, no Mané Garrincha

agosto 17, 2019 /

[

o  Flamengo e o Vasco se enfrentam hoje (17/08) , àS 19 horas, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro longe da violência do Rio de Janeiro. Em dificuldades financeiras, o Vasco, mandante do jogo, optou em jogar no estádio Mané Garrincha, no Distrito Federal. A previsão é de um grande público neste jogo. A TV Globo não transmitirá o jogo em canal aberto. No entanto, os torcedores de Vasco e Flamengo poderão ver o jogo pelo Premiere, um canal de assinatura. Os técnicos Vanderlei Luxemburgo e Jorge de Jesus acreditam num jogo muito disputado, sem favoritismo.

O Flamengo, a 5 pontos do Santos, líder do Brasileirão, contará com o colombian Gustavo Cuéllar, que viajou para Brasília sem saber se volta ao Rio de Janeiro. O volante negocia a sua saída do Flamengo e avalia as propostas do Al Hilal, da Arábia Saudita, e do Bologna, da Itália. O Vasco, que venceu seus dois últimos jogos e com os resultados se afastou da zona de rebaixamento, terá uma equipe bem diferente da que vinha atuando.

Sem Marcos Júnior e Marrony, suspensos, o técnico Vanderlei Luxemburgo escalou Lucas Mineiro e Marquinho, recuando ainda mais a equipe. Iago Pikachu, artilheiro do time na temporada, com seis gols, voltará a atuar como ponta direita e será a maior esperança ofensiva vascaína no Mané Garrincha. O Flamengo jogará com força máxima.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.