Jogadores da Vila Olímpica de Belford Roxo se apresentam ao Tigres do Brasil

junho 25, 2019 /

Cinco meninos oriundos do Projeto Atletas do Futuro da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Belford Roxo se apresentaram no Clube Tigres do Brasil para as categorias infantil e juvenil (sub-13, sub-17 e sub-20), na última terça-feira (25). Os garotos passam a treinar no Estádio de Los Larios, em Duque de Caxias. Anteriormente, integravam o time da Vila Olímpica, o Belford Roxo Futebol Clube, quando um olheiro do clube selecionou os meninos.

Depois de assistir um amistoso que aconteceu na Bayer, em Belford Roxo, o avaliador geral do Clube Tigres do Brasil, Daniel de Souza, selecionou os cinco meninos e destacou sua satisfação com a desenvoltura deles. “Enquanto acontecia o jogo, fiz uma avaliação técnica dos garotos. Observamos e percebemos que eles têm o feeling, o jeito para o esporte. O clube vai abraçá-los e esperamos o melhor deles”, informou. Daniel ainda destacou que é preciso foco e disciplina. “Acredito no sonho e no potencial deles, por isso foram chamados para o clube”, finalizou.

Ao lado de Daniel, o coordenador da escolinha e também da área de marketing, Carlos Augusto, afirma que o clube tem uma característica de paizão. “Lidamos com sonhos todos os dias, então precisamos fazer isso de uma forma positiva. O clube está de portas abertas e esperamos proporcionar o melhor, e em troca queremos muito futebol com disciplina e foco”, ressaltou.

Conquistar seu espaço

O mais velho do grupo, Alexandre Souza, 18 anos, está na categoria sub-20 e joga na posição de meia-atacante. O garoto afirma que quer fazer seu nome no clube. “Quero conquistar meu espaço, sempre respeitando meus amigos e companheiros de time. Vou fazer meu futebol e mostrar quem eu sou. Agradeço pela oportunidade que o projeto Atletas do Futuro me proporcionou”, disse. O lateral-direito Ryan Leite de Souza Rodrigues, 16, pretende conquistar seu espaço e assim como seu companheiro Alexandre, sempre respeitando os demais. “Vou garantir minha vaga no time titular e fazer história no clube”, arrematou.

“Vim para mostrar meu futebol e ajudar minha família, além de realizar meu sonho de ser um grande jogador de futebol profissional”, exaltou o pequeno Caio Espírito Santo Almeida, 13, que também é lateral-direito. Também aos 13 anos, o jovem Kauã Lopes da Silva, que joga na ponta direita, se diz emocionado com essa conquista. “O clube é bastante conhecido e a partir daqui vou com tudo. Vim para jogar e ter minha vaga. Com essa oportunidade vou poder tirar a minha família do sufoco e ajudar em casa”. Por fim, o volante Caio Carvalho da Silva, 16, que também sabe jogar nas laterais, elogiou a estrutura do estádio. “Com uma boa estrutura e bons profissionais, com certeza irei me adaptar e jogar meu futebol, sempre com humildade”, finalizou.

Trabalho duro

O jogador profissional do Clube Tigres do Brasil, Welton Ourique, 26, mais conhecido como Passarinho, também entrou no clube através da primeira peneira, que aconteceu em 2004 e incentiva cada vez mais jovens a se dedicar no esporte. “Passei por todas as categorias de base até chegar no profissional. Acabei saindo em 2012 e acabei voltando esse ano”, resumiu. Welton ainda deixou um recado para os garotos que estão chegando agora no time. “Abracem a oportunidade e a usem para mudar de vida, principalmente para ajudar suas famílias. Se empenhem, pois não vai ser fácil, mas com trabalho duro, tudo dá certo”, finalizou.

Foto: Rafael Barreto/Divulgação

Aloma Carvalho