IAB-RJ e amigos se despedem de Demetres Anastassakis nas redes sociais. Velório será na quinta-feira(01/08)

julho 28, 2019 /

 Amigos,admiradores e colegas de Demetre Anastassakis, o arquiteto de origem grega e “iguaçuano de coração, ocuparam usaram hoje (28/07)  suas contas nas redes sociais para exaltarem seus valores profissionais, éticos,morais e políticos ao longo de seus 72 anos de vida. Demetres faleceu ontem, no Hospital Português do Rio Comprido . Ele lutava contra uma isquemia no aparelho digestivo. Ex presidente do IAB-RJ de 1994-95 e do IAB de 2002-03,

Demetre entrou na FAU-UFRJ em 1966, se formando em 1973, e sempre militou no campo da arquitetura de interesse social, valorizando o plano e o projeto, como ações de prevenção a que todos tem direito. Demetre Anastassakis foi o presidente do IAB-RJ na realização dos Concursos do Rio-Cidade e do Favela-Bairro, que marcaram a cidade de forma definitiva. O IAB-RJ manifestou sua tristeza e declarou seu apoio aos familiares e amigos do arquiteto grego. Em princípio, o velório do arquiteto grego Demetre Anastassakis acontecerá na sede do IAB-RJ na próxima quinta feira dia 01 de agosto de 2019, pela manhã.

 

Amigo e também arquiteto, Vicente Loureiro fala do legado do “Grego”
Em Nova Iguaçú,  ele trabalhou na Prefeitura no governo do então prefeito João Batista Barreto Lubanco, no final dos anos 70, e chefiou uma equipe responsável entre outras coisas pela implantação do calçadão da Avenida Governador Amaral Peixoto, da praça de skate e de uma série de escolas hezagonais . Foi também autor da Lei 50 , a primeira lei de zoneamento urbano da Baixada Fluminense.
Segundo Vicente Loureiro, Demetres foi sócio e fundador da Prospecta,  empresa de planejamento e arquitetura que também virou construtora. São desta lavra o Solar dos Laranjais, a Aldeia de Iguassu , na Rua Droutor Mário Guimarães, os prédios da Abeu na Rua Nilo Peçanha, a sede da Associação Médica, etc.
Depois transferiu – se para o Rio,  onde fundou uma Cooperativa de Arquitetos que produziu muitos projetos de conjuntos habitacionais em todo o Brasil. Por aqui o conjunto de Edson Passos, em Mesquita, é  e o maior exemplo desta fase. Ultimamente vinha desenvolvendo projetos habitacionais para o Minha Casa Minha Vida. Alguns executados aqui na Baixada e em Nova Iguaçú em particular.
Demetres , diz Vicente, ainda autor de planos diretores de algumas das cidades da Baixada. Deixou um baita legado e uma legião de admiradores,  entre os quais me incluo.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.