Forum da Alerj debate geração de empregos no Estado do Rio e Janeiro a partir desta segunda-feira(29)

abril 27, 2019 /

Na semana em que se comemora o Dia do Trabalho, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro vai iniciar uma série de encontros com autoridades federais, estaduais, municipais, gestores do Sistema S, universidades e instituições da sociedade civil organizada para identificar os principais desafios da geração de emprego e renda no estado. Organizado pelo Fórum de Desenvolvimento do Rio, órgão da ALERJ, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais o seminário “Desafios do Emprego no Estado do Rio de Janeiro” será aberto no dia 29 próximo pelo presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, deputado André Ceciliano, e terá apresentações nas três sextas-feiras seguintes (3, 10 e 17 de maio), sempre das 10h às 13h.

O objetivo do encontro é aproximar diferentes setores que possam auxiliar o parlamento estadual na definição de políticas públicas visando ‘a geração de emprego, renda, salário e qualificação profissional. O seminário é aberto ao público e as inscrições podem ser feitas no endereço http://bit.ly/DesafiosEmpregoRJ

“O que se pretende com estes quatro encontros é construir uma agenda comum com as instituições da sociedade civil, universidades e com o próprio Executivo para ampliar as oportunidades de formação da população para o trabalho e combater o desemprego”, afirmou Ceciliano, que também é o presidente do Fórum.

Temas em debate

Os quatro dias do seminário foram divididos por temas. Após a abertura oficial, no dia 29, serão realizadas as apresentações sob o assunto “Panorama e Perspectivas do Emprego no Estado do Rio de Janeiro”. A professora Renata La Rovere, do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, apresentará resultados de uma pesquisa demonstrando que não há uma oferta equilibrada entre as regiões do estado de cursos de formação profissional que atenda às necessidades da indústria. Já o economista-chefe da Fecomércio, João Gomes, apresentará dados atualizados sobre as mudanças no mercado de trabalho do Rio, como o aumento na demanda por profissionais ligados à economia criativa.

Nos dias subsequentes, o seminário contará com os painéis “Políticas Públicas de Emprego e Renda”, no dia 03/05; “Contribuição do Sistema S na Geração de Emprego e Renda” e “Boas Práticas das Universidades e da Sociedade Civil”, no dia 10/05; e “Desenvolvimento Regional para Construção de uma Estratégia de Emprego e Renda”, no dia 17/05.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.