Filme brasileiro “Bacurau” ganha prêmio do júri em Cannes

maio 25, 2019 /

O filme brasileiro “Bacurau”, dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, recebeu neste sábado o prêmio do júri do Festival de Cannes, ‘ex aequo’ com o francês “Les Misérables”.
“Bacurau” narra a história de um pequeno povoado do sertão perseguido por um grupo de assassinos americanos. O filme é visto como uma mensagem de resistência ao atual governo de extrema-direita do Brasil.
“Trabalhamos para a cultura no Brasil e o que precisamos é de seu apoio”, disse ao receber o prêmio Mendonça, que já competiu pela Palma de Ouro em 2016 com “Aquarius”.
O filme se passa dentro de alguns anos no Brasil. O povoado de Bacurau, localizado no Sertão do Seridó, desaparece do mapa na internet.
Os celulares param de funcionar, deixando os moradores isolados. Os assassinos têm carta branca para liquidar todo mundo, mas a população se organiza para resistir.­

    Paulo Cézar

    PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.