Estado do Rio de Janeiro está em alerta contra o sarampo

agosto 1, 2019 /

Ação preventiva faz parte do protocolo recomendado pelo Ministério da Saúde

Em virtude de um surto de sarampo em São Paulo e por o Rio de Janeiro ser um potencial corredor da doença devido à proximidade, a Secretaria de Estado de Saúde está em alerta contra a doença. A ação, que é preventiva e recomendada pelo Ministério da Saúde, tem por finalidade reforçar a necessidade da prevenção com a vacina, disponível nos postos municipais. A recomendação é que crianças a partir de 1 ano e adultos até 49 anos que não se vacinaram procurem os postos municipais.
Este ano, o Rio de Janeiro registrou 13 casos da enfermidade. Em 2018, o Rio alcançou 95% de cobertura vacinal para o público-alvo e foram notificado 20 casos de sarampo.
– São Paulo está registrando a ocorrência da doença e os estado têm grande circulação de pessoas, por isso a importância da prevenção. A ação faz parte da recomendação do Ministério da Saúde e estamos colocando em prática. A indicação é fazer a administração da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) para crianças a partir de 1 ano de idade e os adultos até 49 anos que não estão em dia com a vacina. Para aqueles que têm dúvida se receberam ou não o dose, a indicação é pela imunização – explica Alexandre Chieppe, médico da Secretaria de Estado Saúde.
Outra medida a ser realiza pela secretaria é a distribuição de panfletos informativos em rodovias, terminais ferroviários, metrô, BRTs e aeroportos do Rio. O material reforçará a importância de se vacinar e os sintomas.
“Caso tenha viajado ou teve contato com pessoas com sintomas da doença, procure uma unidade de saúde mais próxima”, reforça Chieppe.
A transmissão
O sarampo é uma doença que passa com facilidade de uma pessoa para outra por meio da fala, tosse e espirro.
Prevenção
A vacina é a única forma de prevenção da doença e está disponível na vacinação de rotina nas unidades de saúde.
Sintomas
Os principais sintomas do sarampo são mal-estar geral, febre, tosse e coriza. A doença também provoca conjuntivite e se caracteriza por apresentar manchas vermelhas que aparecem no rosto e se espalham por todo o corpo.
ATE
A transmissão
O sarampo é uma doença que passa com facilidade de uma pessoa para outra por meio da fala, tosse e espirro.
Prevenção
A vacina é a única forma de prevenção da doença e está disponível na vacinação de rotina nas unidades de saúde.
Sintomas
Os principais sintomas do sarampo são mal-estar geral, febre, tosse e coriza. A doença também provoca conjuntivite e se caracteriza por apresentar manchas vermelhas que aparecem no rosto e se espalham por todo o corpo.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.