Em meio à votação da reforma da Previdência, governo libera R$ 2,6 bi em emendas em 10 dias

julho 12, 2019 /

 Até ontem, o governo de Jair Bolsonaro liberou, somente em julho, 2,677 bilhões de reais em emendas impositivas para os deputados federais.

A conta atualizada consta de um levantamento feito pela ONG Contas Abertas com exclusividade para O Antagonista.

Quando o governo empenha os valores, é gerada a chamada nota de empenho, que já pode ser interpretada pelo parlamentar como um compromisso de pagamento por parte do governo. Geralmente, deputados e senadores usam esse documento em suas bases eleitorais para anunciar que já conseguiram o dinheiro.

Valores empenhados por mês em 2019
Janeiro: Zero
Fevereiro: Zero
Março: R$ 1.740.762,02
Abril: R$ 440.875,02
Maio: R$ 254.423.898,45
Junho: R$ 1.518.029.274,67
Julho (até o dia 10): R$ 2.677.056.674,83

O valor mensal liberado, em apenas 10 dias, já é o quarto maior desde 2016. As emendas são impostivas.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.