Delegado Carlos Augusto está internado com Covid-19, mas PSD o escolhe candidato a prefeito de Nova Iguaçu

setembro 16, 2020 /

 

Embora o escolhido esteja internado há uma semana para tratamento de Covid-19, O Partido Social Democrático ( PSD) homologou hoje ( 15/09), durante convenção on-line, o nome do Delegado Carlos Augusto como seu candidato a prefeito de Nova iguaçu nas eleições deste ano. Em 2016, ele foi o quarto colocado entre os candidatos a prefeito, atrás de Rogério Lisboa, Nelson Bornier e Rosangela Gomes.

Deputado estadual com a maior votação em Nova Iguaçu ( 14.048 votos, de um total de 56.969 em todo estado) em 2016, Carlos Augusto terá Igor Porto( que obteve o total de  8.073) votos para deputado federal dois anos atrás) como companheiro de chapa. O vice foi secretário municipal de segurança pública durante 5 meses e foi quem coordenou ações de isolamento social em algumas travessas e ruas do centro comercial de Nova Iguaçu e tentou por ordem urbana em algumas áreas da cidade.

Igor deixou o governo porque Carlos Augusto, seu padrinho político, não conseguiu ampliar seu espaço  com o prefeito Rogério Lisboa. O PSD lançará 17 candidatos à Câmara: 11 homens e 6 mulheres. O PSD não fará qualquer aliança partidária.

Delegado Carlos Augusto nasceu em 19 de agosto de 1975. Nascido e criado em Nova Iguaçu, passou a residir em Vila Isabel aos 16 anos de idade.

É casado com a também Delegada de Polícia Gisele de Lima Pereira, com quem tem duas filhas.

Em sua juventude, trabalhou como auxiliar de serviços gerais na SR Promoções, vendedor de produtos de limpeza, cadastramento de linhas telefônicas, lojas de roupas, na lanchonete da Universidade Gama Filho, loja Natu Diet (primeiro emprego registrado) e motorista de van por 5 anos.

Cursou a Faculdade de Direito na Universidade Gama Filho, tendo sido prontamente aprovado no exame da OAB.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.