CPI da Alerj discute problemas no fornecimento de energia elétrica em Queimados

agosto 12, 2019 /

Moradores poderão relatar, na próxima sexta, problemas com a LIGHT, que lidera ranking das empresas mais processadas do Rio

 

Cobranças abusivas, frequentes apagões, cortes sem aviso prévio e qualidade do serviço prestado. Esses são alguns dos temas que serão debatidos na audiência pública, que será promovida pela  Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que investiga as irregularidades das concessionárias de energia elétrica. O evento acontece na próxima sexta-feira (16), a partir das 17h, no Teatro Metodista, em Queimados, na Baixada Fluminense.

Em maio, a CPI da energia elétrica realizou audiência pública no município de Nova Iguaçu. Na ocasião, a LIGTH revelou que possui apenas 310 equipes na Baixada Fluminense, o que significa uma turma para pouco mais de 3,5 mil domicílios. A empresa é a campeã de processos no Tribunal de Justiça do Rio, com mais de 16 mil ações ajuizadas só nos três primeiros meses deste ano.

Em Queimados, a realidade não é diferente. Moradores têm reclamado do péssimo serviço prestado pela LIGHT. O gerente comercial Erlon de Souza teve de recorrer à justiça por conta de uma cobrança irregular. Ele alega que em maio deste ano recebeu uma fatura em branco e, que ao entrar em contato com a empresa, recebeu a informação de que o relógio da sua propriedade passaria por uma análise técnica.

Erlon de Souza está processando judicialmente a Light por uma cobrança indevida

 

– Na sequência, mandaram uma conta no valor de quase R$ 3 mil, alegando que a medição fora feita por estimativa, por que foram impedidos de marcar o relógio. Um absurdo! O relógio fica na rua e o imóvel é utilizado apenas três dias na semana por cerca de duas horas diárias, contesta o morador.

Relator da CPI, deputado Max Lemos (MDB) defende que a Light perca a concessão caso não seja feito um planejamento eficiente para resolução dos problemas como os de Erlon. “É fundamental estarmos presentes nas cidades e identificarmos os principais problemas e questionamentos apontados pela sociedade. Vamos fazer no relatório final um raio-x e apontar as soluções que julgamos necessárias. Se a Light não apresentar um planejamento iremos recomendar ao governo federal que a concessão não seja renovada”, adiantou.

SERVIÇO:

Assunto: CPI da energia elétrica promove audiência pública em Queimados

Data: Sexta-feira (16/08/2019)

Horário: 17h

Local: Teatro Metodista (Avenida Vereador Marinho Hemetério de Oliveira, s/n – Vila Pacaembu – Queimados – RJ)

Entrada: Livre

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.