Max Lemos discute com Paulo Marinho, presidente do PSDB, alianças para 2020

julho 31, 2019 /

 

O Deputado estadual Max Lemos, que foi o melhor  prefeito de Queimados por dois mandatos, e o presidente do PSDB do Rio, o empresário Paulo Marinho, conversaram durante quase duas horas ,ontem,  no Jardim  Botânico, sobre as eleições de 2020. Max informou  que já tomou duas decisões sobre o seu futuro político : disputará o comando da Prefeitura de Nova Iguaçu e deixará o  MDB, legenda ao qual é filiado há 20 anos. Max costurou uma aliaça com 24 partidos em 2012 e teve 92% dos votos. Ele atraiu e continua atraindo inúmeras empresas para o Distrito Industrial de Queimados, o que fez dele uma forte liderança na Baixada Fluminense.

Max disse a Marinho que o MDB do Rio teve grandes dificuldades nas eleições do ano passado, elegendo apenas cinco deputados estaduais. No seu entender o partido não reagiu na defesa de sua história na redemocratização do País, deixando de lado referências de vida pública como Ulysses Guimaães e Pedro Simon, citados como exemplos de ética na vida pública, abandonando publicamente seu passado. Max , que comanda um grupo de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças há anos, tem no PDT sua opção partidária. No entanto, ele se colocou à disposição para ajudar no fortalecimento dos tucanos para que o PSDB seja competitivo em todo o estado em 2020, um aliado de peso. Além de tudo, o PSDB tem tempo de televisão no horário eleitoral, o que o torna atraente para futuras alianças.

Depois de uma ampla análise do momento político nacional e  estadual, com destaque para o futuro da Baixada Fluminense, ambos se comprometeram a caminhar juntos na defesa de projetos de desenvolvimento do estado do Rio de Janeiro. Max disse a Marinho de suas boas relações com o PSDB na Alerj e em Queimados, onde o partido integra o governo do prefeito Carlos Vilela, aliado de Max,  com secretarias, tem vereadores e o vice-prefeito da cidade.

Falou-se muito também no projeto do governador de São Paulo, João Dória, principal liderança nacional dos tucanos. Amigo de Paulo Marinho há 30 anos., Dória deu carta branca a Paulo Marinho para construir um novo PSDB . Max e Paulo Marinho, que discutiram também a sucessão do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, combinaram de caminhar juntos no próximo ano em váias cidades. Foi a primeira vez que conversaram. Max estava acompanhado de Eduardo Paixão, o ex-prefeito de Paulo Frontin que o assessora no Gabinete Avançado instalado no Centro de Nova Iguaçu, o QG de construção de sua candidatura a prefeito de Nova Iguaçu.