Garotinho em Nova Iguaçu amanhã (4) não é sinal de que vá disputar a Prefeitura em 2020

maio 3, 2019 /

A reunião política de amanhã (4/5) com a presença em Nova Iguaçu  do ex-governador Anthony Garotinho , atualmente sem partido, não significa que ele queira disputar a Prefeitura do município. O encontro organizado pelo ex-Vereador Denilson Ambrósio, da região de Austin, numa casa de eventos nas proximidades da Rua da Lama, na área central da cidade, provavelmente lotará o pequeno espaço da Tortuga Lounge, mas será apenas uma reunião de final de sábado, sem desdobramentos importantes para o cenário do ano que vem.O convite para a reunião de Garotinho com seus amigos está circulando nas redes sociais e não se sabe, até o momento, as lideranças que lá estarão para ouvir o ex-governador falar das virtudes de seu período e o de sua mulher Rosinha no comando do Palácio Guanabara. É verdade que Garotinho investiu quase R$ 200 milhões num pacote de obras de infraestrutura que tirou da lama e da poeira  os moradores de diversos bairros do corredor da Estrada de Madureira, ações que ajudaram as comunidades a ter qualidade de vida e o então prefeito Nelson Bornier a se reeleger prefeito de Nova Iguaçu em 2000. Mas os tempos, hoje, são outros – e Garotinho, esperto, sabe disso. Bornier, que está tentando, nos bastideores, se reaproximar de Garotinho e de Rosinha, sabe que será muito difícil recuperar sua imagem política, desgastada atualmente. e Garotinho também tem problemas na Justiça que já o impediram de ser candidato a governador no ano passado. Ele foi impugnado e seu nome sequer foi parar nas urnas, portanto seus votos não foram contabilizados. Mas é na força de um programa popular de rádio, na Tupi, que Garotinho cria expectativas de poder para quem é do ambiente político. Sua presença aqui neste sábado  deve ser analisada neste contexto, o do mimimi da política antes que o Tribunal Regional Eleitoral entre em ação contra campanha antecipada. Ele não virá a Nova Iguaçu para vender ilusões, mas para falar mal de Rogério Lisboa, seu amigo de ontem.