Deputado Max Lemos anuncia seu retorno ao PDT na inauguração de seu “gabinete avançado” no Centro de Nova Iguaçu

junho 26, 2019 /

O “gabinete avançado” de Max em Nova Iguaçu : 2020 já começou em muitas cidades da Baixada

O deputado estadual Max Lemos anunciou ontem (25/06) que vai trocar de partido no próximo dia 30 de novembro. Ele vai sair do MDB e entrar no PDT, legenda pela qual iniciou sua vitoriosa vida pública como vereador.

Max não vai chegar sozinho no seu retorno ao ninho dos brizolistas. Levará com ele Carlos Vilela, seu sucessor na Prefeitura de Queimados, e Ivaldo Barbosa de Souza, mais conhecido como Timor, o popularesco ex-prefeito de Japeri. Timor, que estava sendo paquerado politicamente pelo prefeito Doutor João, de São João de Meriti, agradeceu o convite para ingressar no Podemos.

 

Timor quer voltar a ser prefeito de Japeri, agora pelo PDT.

Atualmente no PROS, Timor decidiu acompanhar Max Lemos e vai se mudar para o PDT, legenda pela qual tentará retomar a Prefeitura de Japeri, município que já lhe deu três mandatos populares: um de Vereador e dois de Prefeito. Já Carlos Vilela, que é candidato à reeleição, segue os passos de seu padrinho desde que iniciou sua vida pública no final dos anos 80.

Outras lideranças da Baixada Fluminense também se movimentam olhando para as eleições de 2020. Na inauguração do gabinete avançado de Max, localizado num imóvel localizado à Rua Getúlio Vargas , no Centro residencial do lado nobre de Nova Iguaçu, centenas de pessoas tentavam subir ao terceiro andar do prédio para dar as boas vindas a Max e lhe desejar sucesso no projeto de conquistar agora a Prefeitura de Nova Iguaçu.

Max está cercado pelo que há de mais brizolista na Baixada neste novo desafio. O imóvel do seu novo bunker de três andares pertence a um tio do ex-prefeito Altamir Gomes. Na fila dos cumprimentos, podia-se ver a presença de cabos eleitorais  de Cabuçu, de Miguel Couto, do Rancho Novo, de outrs cidades da Baixada e de ex-vereadores derrotados nas urnas.

Sem o poder que tinham quando Nelson Bornier foi prefeito até 2016, os ex-vereadores estão na chuva da política. Perderam duas vezes com Bornier: em 2016 e em 2018.

Alguns deles apoiaram a candidatura do médico Luiz antônio Teixeira Júnior, eleito deputado federal mais votado de Nova Iguaçu, mas como ainda não foram nomeados para qualquer órgão público e Doutor Luizinho ainda não decidiu se disputará a Prefeitura, Max é, no momento, o guarda-chuva, daí sua perspectiva de poder no futuro, o que justifica a presença de centenas de pessoas para a inauguração deste gabinete avançado.