Câmara aprova flexibilização de aposentadorias de mulheres, policiais e tempo de contribuição de homens

julho 12, 2019 /

Um dia após aprovar o texto-base da reforma da Previdência em primeiro turno, a Câmara dos Deputados se reuniu, nesta quinta-feira, 11, para discutir os destaques apresentados pelas bancadas parlamentares. Três alterações ao texto-base foram aprovadas, flexibilizando aposentadorias de mulheres, policiais e tempo de contribuição de homens. Durante a madrugada, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão, diante da queda de quórum, e marcou a retomada das análises para as 9h desta sexta-feira.

Destaques são dispositivos de alterações a pontos do texto e que não entraram no relatório. Dentre os temas votados estiveram as regras mais brandas a policiais, nova regra de cálculo para mulheres e e em pensões por morte.

Para que um destaque seja aprovado, é necessário que ele atinja o mesmo número de votos mínimos para a aprovação do texto-base: 308 dos 531 deputados. Ontem, a reforma passou com uma margem grande, com 379 votos favoráveis. Para que a reforma vá ao Senado, é necessário que o texto-base com as alterações, que vierem a ser feitas na sessão dos destaques, sejam votados novamente.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.