Cabelaço chega ao terminal Alvorada nesta segunda-feira (28)

outubro 28, 2019 /

Primeiro mutirão, na Central do Brasil, arrecadou mais de 20m de doações de cabelo

A Secretaria de Estado de Saúde promove, nesta segunda-feira (28), o evento Cabelaço, um mutirão de corte de cabelo para doação e confecção de perucas para mulheres em tratamento contra o câncer de mama. Dessa vez, ação de Outubro Rosa acontece no terminal Alvorada, do BRT, atendendo mulheres de 12h às 16h. A primeira edição, na semana passada, recebeu 200 participantes e 20,2m de cabelos doados na Central do Brasil.
Com as tesouras do mutirão está a equipe do Walter’s Coiffeur, que destinará as mechas arrecadadas à ONG Cabelegria, responsável por transformar as doações em perucas. Quinze centímetros é o tamanho mínimo para que o corte seja feito. No evento, quem não puder doar, ainda poderá participar em outras atividades, com maquiadoras profissionais e orientações sobre prevenção do câncer de mama e saúde da mulher. Todos os serviços do Cabelaço serão oferecidos gratuitamente e o objetivo é promover a autoestima e estimular a solidariedade, ajudando pacientes em tratamento contra o câncer a se sentirem motivadas com cabelos novos.
Na primeira edição do Cabelaço, na última quinta-feira (24), na Central do Brasil, a aposentada Maria de Fátima foi uma das 70 doadoras de cabelo. Ela deixou as madeixas crescerem por quatro anos e reservou o mês de outubro para cortá-las. Uma prima próxima enfrentou o câncer de mama e ela acompanhou a dificuldade para conseguir uma peruca.
“Existe uma coisa muito bonita no mundo que é o amor ao próximo. O que de graça recebemos, de graça passamos em frente. E é o que eu vou fazer com o meu cabelo. É a realização de um sonho, queria muito fazer isso por alguém”, se emocionou ao contar.
 fotos: Mauricio Bazilio/SES

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.