Belford Roxo promove projeto teatro na escola

junho 26, 2019 /

“Sonhar e acreditar nos sonhos”. A frase positiva tem surtido efeito nas apresentações teatrais que o professor e ator de teatro, Charles Asevedo, encena, contando a história intitulada “O Viajante” para alunos com idade entre 7 e 10 anos, do primeiro segmento, Ensino Fundamental, das escolas da Prefeitura de Belford Roxo. De uma maneira lúdica, o conto que revela o desejo de uma menino, pastor de ovelhas, que queria conhecer o mundo, encanta e diverte a garotada durante 50 minutos. A diversão faz parte do Projeto Teatro na Escola, promovido pela Divisão de leitura da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e será realizado em toda rede municipal.

Ator há 22 anos, Charles é idealizador do projeto e autor do texto de O Viajante, baseado na obra Alquimista do escritor Paulo Coelho. Para contar a história, o professor senta sobre um tapete que representa o mundo, onde há vários mapas pintados. As crianças sentam ao redor, formando um círculo e desde o início da interpretação, acompanham o desejo do pequeno pastor de ovelhas em ir para o Egito em busca de um tesouro. No decorrer da fábula, meninos e meninas seguem a fantasia e esbarram em obstáculos, medo e desafios. As crianças interagem a todo tempo, cantam, sorriem e vibram com os objetos mostrados por Charles, entre eles, pirâmides de cristal em miniatura. No final da história, o pastorzinho retorna para sua cidade e encontra o tesouro, escondido, embaixo do altar da igreja. Os alunos vibram e todos colocam a mão no tesouro, exibido e oferecido pelo professor/ator: pirulitos guardados dentro de uma caixa de madeira em formato de igreja.

Teatro na Escola

Nascido e criado em Belford Roxo, Charles afirma que não teve a mesma oportunidade que os alunos das escolas municipais da cidade. “É importante levar o teatro às escolas e despertar o interesse nas crianças. Infelizmente, isso ainda não é uma prática na Baixada Fluminense e tampouco em muitos lugares do país, apesar do teatro ser um lazer que teve início antes de Cristo”.

“Eu adorei a história. Aprendi que o nosso sonho pode virar realidade, é só acreditar”, disse Anna Julia Jarro, 9, aluna do 4º ano, da Escola Municipal Professor Paris, centro de Belford Roxo, onde o projeto foi lançado para cerca de 90 alunos, em dois turnos. “Eu também adorei. Queria assistir novamente”, disse Mariah Clara Lacerda da Silva, 9, enquanto sua amiga, Hillary Santiago, 9, revelava: “meu sonho é ser da Marinha”, resumiu. O projeto que é itinerante vai percorrer todas as escolas da rede fundamental de primeiro segmento.

Aloma Carvalho