Banho de mar está liberado nas praias do Rio, mas tomar sol na areia segue proibido. Fiocruz alerta para possível segunda onda de Covid -19

agosto 1, 2020 /

Marcelo Crivella anunciou nesta sexta-feira (31) que o banho de mar nas praias está liberado. Tomar sol na areia, no entanto, segue proibido. A novidade já vale neste sábado. Segundo Crivella, o Rio está entrando na quinta e penúltima fase da flexibilização das medidas de isolamento social do município, que sofre com a pandemia do novo coronavírus desde março.

Nesta nova etapa, que está valendo desde a 0h deste sábado, bares e restaurantes passam a poder funcionar até 1h da manhã, e shoppings podem abrir às 10h e fechar às 22h, como acontecia normalmente, antes da pandemia. Na areia das praias, continua permitida apenas a prática de esportes individuais.

Apesar de a curtição dos banhistas na areia ainda estar proibida, o município anunciou a volta dos ambulantes de praia: eles podem vender seus produtos (desde que não sejam bebidas alcoólicas e alimentos não industrializados) entre 7h da manhã e 18h. Nos hotéis, piscinas e saunas também poderão voltar a funcionar.

Ainda na praia, quiosques seguem podendo funcionar, mas estão proibidos de servir na areia. O aluguel de mesas, cadeiras e guarda-sol também não é permitido.

— A curva de óbitos caiu, definitivamente. Temos a esperança de não ter uma segunda onda da doença do Rio — afirmou Crivella, ontem.

A Fiocruz, no entanto, alerta que uma possível segunda onda pode, sim, acontecer no Estado do Rio (veja abaixo).

Confira a seguir as novidades da nova fase, que continua exigindo o cumprimento das chamadas “regras de ouro” em todas as atividades.

As novidades no plano da prefeitura

Atividades econômicas

• Massagem e maquiagem estão liberados com agendamento, sendo vedado o atendimento por múltiplos profissionais ao mesmo tempo. A capacidade máxima simultânea não pode ultrapassar 4m² por pessoa.

• Aulas de natação estão permitidas com agendamento, com capacidade máxima simultânea de 4m² por pessoa.

Educação

• Seguindo o decreto publicado no dia 23 de julho, estão liberadas as aulas presenciais nas escolas privadas, de forma voluntária, apenas para 4º, 5º, 8º e 9º anos, seguindo as medidas preventivas específicas estabelecidas pela Vigilância Sanitária do município.

• Os refeitórios das Escolas Municipais ficarão abertos.

• As universidades só podem ficar abertas para as atividades práticas das áreas de saúde.

• Cursos e atividades extracurriculares e complementares (por exemplo, aulas de música, idiomas etc) podem ser abertos, mas de forma voluntária.

Esportes e lazer

• Competições esportivas (por exemplo, futebol) seguem liberadas, mas com os portões sempre fechados.

• A escolinhas de treinamento podem voltar a funcionar, mas as competições também devem ter portões fechados.

Ambientes abertos

• Está liberado o banho de mar para lazer.

• Feiras de adoção de animais também estão liberadas.

Turismo

• Piscinas e saunas podem ficar abertas, mas com restrições nos hotéis.

• Pontos turísticos (por exemplo, Corcovado, Pão de Açúcar, AquaRio, Roda-Gigante e Jardim Zoológico) podem abrir, mas com capacidade simultânea máxima de 50%, desde que não ultrapasse a regra de 4m² por pessoa.

Fiocruz alerta para possível segunda onda de Covid no Rio

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alerta para uma possível segunda onda de Covid-19 nos estados de Rio de Janeiro, Ceará e Maranhão. As informações são do site G1. O prognóstico consta de um boletim divulgado na quinta-feira pelo Infogripe, sistema que monitora a ocorrência da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no país.

Nesses três estados citados, um pico de casos foi registrado na primeira quinzena de maio. Em junho, houve quedas seguidas, mas, no fim de julho, segundo as estimativas, a curva tornou a subir — ainda que em um patamar bem abaixo do de dois meses atrás.

Já a projeção para o Brasil, segundo o pesquisador e coordenador do Infogripe, Marcelo Gomes, “indica que não estamos numa situação tranquila”: “Estamos com uma estimativa de que o número de novos casos semanais pode estar acima do primeiro pico, registrado em maio”.

Nem toda SRAG é Covid-19, apesar dos sintomas em comum. Mas, nesta pandemia, explicou Gomes, a síndrome “está extremamente ligada” ao novo coronavírus.

A Fiocruz tabula os registros de SRAG em todo o país e faz projeções com base no comportamento da curva, compensando a desatualização dos dados.

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.