Auxílio Emergencial: Dataprev libera mais 805,3 mil pedidos

julho 29, 2020 /

Requerimentos feitos por meio do aplicativo e site do benefício foram analisados após contestação do resultado.

A Dataprev, empresa que faz o cruzamento de dados dos trabalhadores que fazem o pedido do Auxílio Emergencial, encaminhou à Caixa Econômica Federal novo lote para pagamento. São 805.318 pedidos analisados e aprovados após contestação do resultado. Esses requerimentos foram feitos por meio do aplicativo e site do Auxílio entre 23 de abril e 19 de julho.

Os solicitantes podem conferir os resultados dos seus requerimentos no portal de consultas da Dataprev. A Dataprev não informou previsão de pagamento para esses novos aprovados.

A Caixa Econômica Federal e Ministério da Cidadania ainda não informaram quando o pagamento do benefício será feito desse lote de aprovados. Os trabalhadores que são vistos diariamente nas imensas filas nas agências da CEF aguardam ansiosos a liberação deste auxílio emergencial.

Atualmente, 903.719 pessoas estão com os cadastros classificados como “inconclusivos” nos sistemas e ainda podem complementar as informações pessoais por meio do aplicativo e site do Auxílio. Outros 123.007 cadastros estão em processamento pela Dataprev – 0,08% de todo cruzamento de dados realizado.

Com mais esse lote de aprovados, o número de beneficiários elegíveis para receber o Auxílio Emergencial chegou a 66,9 milhões, incluindo os três grupos do programa: Informais, Bolsa Família e Cadastro Único:

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.