Atirador de elite que matou William da Silva, 20 anos, sequestrador de ônibus na Ponte Rio- Niterói, será promovido por bravura. Reféns não foram atingidos pelos disparos

agosto 20, 2019 /

 

O porta-voz da Polícia Militar, coronel Mauro Fliess, acaba de informar que o sequestrador do ônibus da Galo Branco, que já durava mais de 3 horas, bloqueando o trânsito nos dois sentidos da ponte Rio-Niterói, foi morto minutos atrás  por um atirador de elite da corporação. Nenhum dos reféns foi atingido pelos tiros. O criminoso , mais tarde identificado com o William da Silva, 20 anos, estava com uma arma de brinquedo, combustível e com uma faca. Os reféns estão sendo atendidos por médicos.

governador Wilson Witzel anunciou que vai promover por bravura os atiradores de elite que participaram da operação . Ao chegar de helicóptero, por volta das 9h40, o governador comemorou, bateu continência aos policiais e foi conversar com os agentes. A ação contou com a Polícia Rodoviária Federal e agentes do Batalhão de Operações Especializadas (Bope).

Imagens mostram o momento em que o sequestrador foi atingido pelos disparos, do lado de fora do ônibus. Ele estava com uma balaclava e com uma das mãos no bolso, jogou um casaco em direção aos policiais, quando foi baleado e caiu em direção à escada do veículo.


Dizendo-se policial militar, o homem ainda não identificado, armado com revólver, faca, gasolina e usando touca ninja, que sequestrou às 5h30m de hoje um ônibus da Viação Galo Branco na Ponte Rio-Niterói, altura dol Corte Dezoito, próximo ao vão central, em direção ao Rio, já liberou liberou  seis passageiros. Sabe-se  que 31 passageiros permanecem dentro do ônibus sequestrado.Policiais rodoviários federais e militares cercam o ônibus .O governador Wilson Witzel acaba de se manifestar pelas redes sociais: ”  Estou acompanhando desde cedo, com atenção, o sequestro do ônibus na Ponte Rio-Niterói. Estou em contato direto com o comando da Polícia Militar, que trabalha para encerrar o caso da melhor maneira possível. A prioridade absoluta é a proteção dos reféns”.

O Bope assumiu o comando das negociações com o bandido. O ônibus saiu do Jardim Alcântara nesta madrugada em direção ao Estácio, no Rio. Com o bloqueio da ponte, o tráfego está totalmente interditado na ponte em direção ao Rio. O coronel Mauro Frias, porta_voz da PM , disse que, pelas características, o sequestro foi premeditado. O criminoso teria um galão de gasolina no ônibus. O trânsito em Niterói em direção ao centro do Rio é caótico por causa da interdição da ponte. A melhor opção de quem mora em Niterói é o transporte hidroviário.

Atiradores de elite estão posicionados próximos do ônibus. Uma base móvel do Bope chegou agora ao local do sequestro. Um barco da Marinha dá apoio às operações da Polícia. Dois negociadores do Bope estão no local, além de médicos e ambulâncias. O sequestro já dura três horas. O trânsito é caótico no Rio e em Niterói. São mais de 81 quilômetros de congestionamento nas estradas do Rio.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.