Athlético-PR elimina o Flamengo da Copa do Brasil ao empatar o jogo ( 1 x 1 ) e ganhar nos pênaltis ( 3×1 ) no Maracanã

julho 18, 2019 /

O time do Flamengo, que vinha de uma vitória de 6 x 1 sobre o Goiás pelo Campeonato Brasileiro, decepcionou, mais uma vez,  sua imensa torcida ao perder nos pênaltis por 3 x 1 para o Athético-PR. Diego Ribas, Vitinho e Éverton Ribeiro despediçaram três cobrança de penaltis. Jonathan, Lucho Gonzalez e Bruno Guimarães fizem os três gols do Furacão na disputa por penâltis. Com o resultado,o time do Flamengo não passou à semifinal da  Copa do Brasil. Mais de 65 mil pesssoas lotaram o Maracanã. Ao final do jogo, os jogadores do Athlético comemoraram a vitória imitando o jeito de Gabigol comemorar gols e com a volta do “cheirinho”.

No tempo normal, o Furacão obteve o empate por 1 x 1 aos 31 minutos do segundo tempo, gol de Rony, num contrataque. O Flamengo vencia por 1 x 0, gol de Gabigol, aos 16 minutos do segundo tempo,  um jogo em que tinha dificuldades para organizar jogadas de ataque. O treinador português Jorge de Jesus ficou sem o futebol do uruguaio Arrascaeta, que teve que ser substituído por Vitinho aos 15 minutos do primeiro tempo após uma lesão na coxa esquerda. Vitinho, o substituto, decepcionou de novo e ainda perdeu um dos três pênaltis desperdiçados pelo Flamengo. Bruno Henrique, lesiondo, também não jogou. O jovem Lincoln, seu substituto, foi anuldo pelos excelentes zagueiros do Athético-PR.

O Athletico-PR está classificado para a semifinal da Copa do Brasil. A equipe comandada pelo técnico Tiago Nunes passou de fase. Na luta por uma vaga na final, o time rubro-negro vai encarar o Grêmio, que venceu o Bahia popr 1 x 0  em duelo realizado em Salvador, ontem. A outra semifinal vai ser disputada pelo Internacional , que venceu o Pamiras no Beira Rio, em Porto Alegre, e o Cruzeiro, que garantiu a vaga ao perder de 2 x 0 para o Atlético-MG no Mineirão. No jogo de ida, o Cruzeiro ganhou de 3 x 0.

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.